Frequências Solfeggio – A frequência do amor

Junho 11, 2020by orinam0
5-1280x490.png

Na existência existem poucas formas de energia pura, o som é uma delas. O som tem a capacidade de criar vida, de nos inspirar e elevar, ajuda-nos na nossa comunicação e expressão, e a um nível mais profundo é ainda uma forma de cura.

Tudo o que nos rodeia é feito de energia que se move e vibra em diferentes frequências e dimensões.

As frequências Solfeggio, descobertas em 1974, são 6 tons musicais electromagnéticos que os monges gregorianos vocalizavam enquanto meditavam, e têm a capacidade de penetrar profundamente na nossa mente consciente e inconsciente, estimulando internamente a cura.

A frequência de 528 Hz é a mais significativa das antigas frequências Solfeggio. Conhecida como a frequência do amor, tem uma relação profundamente enraizada com a natureza e está presente em tudo, desde a clorofila ao ADN humano.

528 Hz manifesta-se em tudo no universo, incluindo no ar que respiramos, na água que bebemos, na terra debaixo dos nossos pés e nos raios de sol que tocam no nosso rosto. Olhando para o sistema energético dos 7 chakras, 528 Hz é a frequência associada ao Plexo Solar, o nosso Sol Central, o centro energético que dá expressão a quem somos no mundo.

As vibrações de 528 Hz conectam e ressoam em tudo, dentro de nós e à nossa volta, tanto ao nível da matéria como do espírito.

Hoje sabe-se que, os sacerdotes e curandeiros das civilizações ancestrais mais avançadas, sabiam usar 528 Hz para curar, abençoar e manifestar milagres.

Hoje podemos usar esta frequência da mesma forma, podendo criar efeitos positivos na nossa vida e na vida de todos os que amamos.

Em toda a natureza encontramos 528 Hz. A clorofila, que ajuda as plantas a extrair energia da luz e lhes dá a cor verde, vibra a 528 Hz. As abelhas que polinizam muitas dessas plantas zumbem em 528 Hz. E o arco-íris também vibra no nosso coração em 528 Hz.

A relva é verde com 528 Hz. É por isso que a clorofila é o pigmento de cura mais poderoso da biologia; os animais comem relva para recuperar a saúde; o ar que respiramos – o ‘prana’ da vida, ou o ‘chi’ na medicina oriental, é preenchido com o espírito do amor, vibrando em 528, e envia sinais espirituais para sustentação através do nosso sangue, restaurando e revigorando cada filamento de DNA e célula do nosso corpo.

Sim, o ar que respiramos também contém 528 Hz. Sabemos hoje que o oxigénio transporta esses elétrons ressonantes 528 Hz.

Mas o significado da frequência no mundo natural não se limita ao planeta terra. As medições do sol, recolhidas pelos cientistas da NASA, são comparadas a um diapasão, onde também encontramos 528 Hz, no coração da estrela, que é o centro do nosso sistema solar.

528 Hz demonstrou cientificamente a sua capacidade para curar o ADN por si só, e é usado por bioquímicos para esse efeito.

A música mais famosa composta em 528 Hz é o Imagine de John Lennon. Se alguma vez te questionaste sobre o porquê desta música ser tão popular e tocar tão profundamente a nossa alma, agora já sabes a razão.

orinam